imafar@imafar.com.br

imafar@imafar.com.br

Imunidade

O sistema imunológico é responsável por desencadear o processo de defesa e, assim, manter o equilíbrio e o bom funcionamento do organismo.

É ele que protege o organismo de infecções e outros problemas que podem comprometer a saúde e deixar o corpo mais suscetível a doenças.

O que é imunidade?

A imunidade é a capacidade que o organismo tem de reconhecer substâncias estranhas presentes no corpo e garantir a defesa contra elas.

Ela é desencadeada pelo sistema imune, que age através da ação de células de defesa e produção de anticorpos, que combatem determinados antígenos.

A imunidade é essencial para a saúde do organismo e para o combate de doenças causadas por agentes químicos ou biológicos, e mantém, assim, a homeostase.

Além de evitar o surgimento de doenças, a imunidade também faz com que elas não consigam progredir, já que ela atua na identificação e destruição de células estranhas.

Desse modo, ela também é uma aliada na prevenção do câncer.

Quais os principais tipos de imunidade?

Há quatro tipos de imunidade – três naturais e uma adicional. Veja só:

• Imunidade inata: o ser humano já nasce com a imunidade inata, que como você já sabe, protege o organismo. Ela apresenta uma resposta extremamente rápida para barreiras fisiológicas, químicas, físicas e células especializadas.

• Imunidade adaptativa: apesar de ser mais específica e especializada, ela é bem mais lenta. A imunidade adaptativa não está presente desde o nascimento. Ou seja, ela é adquirida ao longo da vida de um indivíduo.

• Imunidade ativa: se desenvolve quando um antígeno entra no organismo. Pode ser natural (adquirida devido ao desenvolvimento de uma infecção) ou artificial (antígeno colocado no corpo).

• Imunidade passiva: é aquela em que um indivíduo recebe anticorpos totalmente prontos contra um agente infeccioso. Podemos citar como exemplo, a transferência de corpos da mãe para o bebê através da placenta.

Como melhorar a imunidade?

Nunca se falou tanto sobre a importância de fortalecer o sistema imunológico para ter uma vida mais saudável.

Mas afinal, o que fazer para melhorar a saúde? É possível aumentar a imunidade através da adoção de hábitos simples e saudáveis? A resposta é sim!

Há diversos hábitos que você pode adquirir para fortalecer o seu sistema imunológico. Dentre eles, podemos citar:

• Alimentação balanceada: uma alimentação rica em vitaminas e sais minerais, é essencial para quem quer ter mais qualidade de vida e saúde.

• Expor-se ao sol diariamente: o ideal é que você tome sol diariamente (de 15 a 20 minutos). Só cuidado para não exagerar! De preferência, tome sol antes das 10h da manhã ou após às 16h.

• Evite fumar: o cigarro é um dos maiores inimigos da imunidade.

• Pratique mais exercícios físicos: a atividade física é essencial para o bom funcionamento do organismo e consequentemente, o sistema imunológico.

• Água: substituir o refrigerante e os sucos artificiais pela água, é essencial para eliminar toxinas e fortalecer o corpo!

• Suplementos vitamínicos: nem sempre é possível obter todas as vitaminas e sais minerais que o organismo precisa, ainda mais se você não tem uma alimentação saudável.

Conheça algumas das substâncias utilizadas na manipulação de produtos que auxiliam a melhora da imunidade:

Imunidade
Uncaria tomentosa Também conhecida vulgarmente como unha de gato, nativa do continente sul americano e américa central. A atividade antioxidante e antimutagênico do extrato dessa planta está relacionado a intervenção na redução da lipoperoxidação e da na formação de radicais livres, reduzindo os danos a camada lipídica componentes das membranas celulares assim como ao dano oxidativo ao DNA, estas propriedades estão vinculadas aos glicosídeos presentes neste fito. Atividade Anti-inflamatória e antiviral foi demonstrado através da vinculação com glicosídeos e triterpenos presentes no extrato. Estudo comparativos com a indometacina revelou esta característica anti-inflamatória desta planta quando edema induzido em animais, a redução deste edema com extrato de Uncaria tomentosa foi semelhante aos conseguido com indometacina.
Equinacea purpurea (Echinacea purpúrea) Este fitoterápico sua união de ativos em sua composição resulta nas atividades farmacológicas de imunodulação. O que garante combate de infecções que atinge o trato respiratório. Além disto, demonstra atividades antifúngicas, antibacteriana, antioxidante e anti-inflamatória. O mecanismo de ação imunomodulador desta planta no combate de vírus e bactérias é o efeito da atividade estimulante de células denominadas com “natural Killer”. Essas células possuem papel fundamental na defesa do organismo que atua reconhecendo e inutilizando células infectadas. Esse processo inibe a replicação viral e permite ao paciente a redução do processo infeccioso provocado pelos microrganismos. Além do efeito antiviral e antibacteriano derivado das células killer, a Echinacea também atua minimizando o processo inflamatório através da inibição da produção de citocinas pró inflamatórias. Demonstrou atuar contra as diferentes estirpes de vírus influenza e herpes simples, demonstrou auxiliar no processo de recuperação contra vírus pertencentes ao grupo do coronavirus; em estudos demonstra ação Imunoestimulante, anti-carcinogênica, antiviral, antioxidante, hepatoprotetora e ação hipotensora.
Astragalus membranaceus Astragalus conhecido como huang chi ou huang qi, é uma erva da medicina tradicional chinesa nativa do Norte da China e Mongólia. Pesquisas farmacológicas neste fito é focada em seus polissacarídeos Imunoestimulante e outros ativos como flavanoides e glicosídeos principalmente na imunodefiencia, não tratamento adjuvante ao câncer e por seu efeito adptógeno sobre coração e rins. Seu mecanismo de ação está relacionado com a estimulação do sistema imunológica, aumentando o número de células tronco na medula óssea e tecido linfático, e assim estimula o desenvolvimento de células imunitárias ativas. Demonstra acionar células do sistema imunológico em estado de “repouso” em atividade aumentada. Esta planta também aumenta a produção de imunoglobulina e estimula os macrófagos, ativa ainda as celula T e natural killer do sistema imune. Um número considerável de estudos tem sido feito demonstrando a eficácia do Astragalus no tratamento de gripes e infecções respiratórias. Ação profilática contra a gripe comum foi reportado em estudo epidemiológica na china envolvendo grande número de voluntários. Estudo explorando esse efeito protetor encontraram que a administração deste fitoterápico durante 2 semanas, acentuou a indução de Interferons pelos glóbulos brancos petrifico e os níveis de IgA e IgG nas secreções nasais encontraram-se aumentadas após 2 meses de tratamento. Este fito também tem sua utilização: no tratamento adjuvante do Câncer, como cardio protetor e hepatoprotetora.

Faça seu orçamento

Informações importantes:

*Nunca use medicamento sem orientação de um profissional habilitado, principalmente mulheres grávidas, lactantes e menores de 18 anos. Converse com ele sobre os possíveis efeitos colaterais.

*Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem fazer uso do produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o profissional habilitado.

*Os resultados e indicações referentes ao produto foram avaliados e comprovados pelo fabricante deste insumo farmacêutico. Não garantimos os resultados descritos, pois variam de pessoa para pessoa e de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como, o uso correto do produto.

Compartilhe esse conteúdo:

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

Papo com Especialista: DIU – Vantagens e Desvantagens

Por Imafar | 1 de janeiro de 2021

A ginecologista e obstetra, Dra Anna Bimbato conversou sobre o método contraceptivo DIU; esclareceu em relação aos efeitos colaterais, o risco de engravidar, e como pode interferir na saúde e […]

Continuar lendo >
Carrinho de compras